Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

No ano 2000 ~ uma previsão das coisas.


Uma previsão, baseada no que vi na CES 2015, no que vejo diariamente no meu trabalho, mas não só.

Conduzir um carro vai ser uma coisa estranha. Não inacessivel, mas estranha e datada. Os meus filhos (se os vier a ter), irão achar estranho que no meu tempo as pessoas tinham de conduzir os seus próprios carros, e que, na prática, qualquer pessoa com licença de condução poderia operar a seu bel-prazer uma arma tão letal, como é qualquer automovel. 


IoT*, IoE** e os veículos autónomos serão a norma, e num futuro muito mais próximo do que aquele que a maioria de nós imagina.

As verdadeiras tendencias do futuro são, regra geral, aquelas que se vêem multiplicadas em massa no seio da industria (seja ela qual for), de forma discreta para o publico em geral, mas de forma berrante para todos os “insiders”. E neste momento, o empurrão que se sente pelo desenvolvimento de tudo relacionado com IoT e veiculos autonomos (neste caso especifico relacionados, mas não necessariamente no plano geral das coisas) é berrante! In your face mesmo!


Eles estão aí à porta. E como quase tudo que muda o nosso dia-a-dia e os nossos habitos de vida drasticamente, a coisa desenvolve-se de forma gradual, mas penetra com força e em grande escala, sem “ninguem se dar conta”, e depois, já nada é como era antigamente (veja-se o exemplo dos telemoveis e smartphones).

*Internet of Things ** Internet of Everything

Foto de minha autoria. Todos direitos reservados (ou seja, nenhuns. Porque isto é a internet. Usem à vontade se quiserem. A internet é de todos, assim como tudo o que está na internet. We are legion.)

Sem comentários: