Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Silver Linings Playbook


Apenas há alguns dias atrás me dei conta do alarido que cerca este filme. Fiquei curioso, e visto o dito, senti-me confortável e positivamente surpreendido.

Pelo argumento, mas sobretudo pelo trabalho dos actores, Silver Linings Playbook é um daqueles filmes a que é difícil apontar grandes críticas e que facilmente agradará a quase toda a gente. Jennifer Lawrence a confirmar-se cada vez mais como a melhor actriz da sua idade, e Bradley Cooper a mostrar um alcance e dinamismo que até aqui poucas vezes tinha tido oportunidade de mostrar. Robert De Niro, apesar de circular no papel que mais lhe tem sido oferecido nos últimos anos (o de patriarca de família resmungão com demasiados tiques e manias), fá-lo aqui de forma particularmente dedicada e convincente.

O casal de protagonistas quase que garante o apelo do filme junto do grande público. Bradley Cooper apresenta no poster oficial da fita um sorriso incerto, que tem tanto de charmoso e fofinho, como de potencial serial-killer com fetiche por ursinhos de peluche. Na incerteza, mas como as senhoras desse mundo fora tendem a gostar dele, o público feminino já está a morder o isco. Jennifer Lawrence também aparece a sorrir no poster, o que nem seria preciso para chamar a atenção de qualquer homem neste planeta. Bastaria o nome. Já na película em si, Jenny (vamos começar a chamar-lhe "Jenny") ganha claramente a "guerra dos sexos", com aquela irresistível fórmula de mulher traumatizada com distúrbios mentais, disfunções emocionais e tendência para comportamentos ninfomaníacos. Já Bradley, desconstrói por completo a sua habitual imagem de "chick magnet" para representar um murcão bipolar em terapia profunda com fixações românticas ilusórias e viciado em literatura. Ou seja, um intelectual perdido, que nem sequer chega a se exibir de tronco nu. Lamentamos senhoras.
Para os mais puristas e "sérios" que não querem admitir que foram ver uma comédia romântica com actores da moda, o nome Robert De Niro valida o visionamento do filme. Ah, e o Chris Tucker tá gordo.

Sem comentários: