Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Dark Shadows



Filme de sábado à tarde, que se não tivermos mais nada que fazer ficamos a ver com prazer, mas que se tivermos de meter a capa de crítico de cinema lhe dá-mos duas estrelas e meia.

Considerando que é Tim Burton, o todo custa muito mais a engolir. Ignorando o seu anterior Alice in Wonderland (que pessoalmente considero um dos piores filmes de sempre, sem qualquer tipo de exagero), a expectativa para um filme da sua autoria é sempre que seja pelo menos bom! Dark Shadows não é mau, longe disso. Aprecia-se a estética gótica cuidada e bem trabalhada, e Johnny Depp está francamente convincente. A banda sonora encaixa bem, e o todo desenrola-se com confortável moleza. Mas...é um filme de sábado à tarde. Não fica na memória, e tem uma estrutura demasiado clássica e linear. Mantém-se certinho na primeira metade, mas perde-se por completo no último acto. Apressa-se e acrescenta elementos narrativos desnecessários, e pior ainda, recorre demasiado a mau CGI que quebra a imersão com o que está a acontecer.

Não é um mau filme, mas é um tiro ao lado. O segundo, a contar desde Alice. Quem sofre é o nome do realizador, que está rapidamente a resvalar para o fosso dos has-been e a danificar a sua marca. Uma terceira bala assim será fatal!

Sem comentários: