Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

domingo, 7 de novembro de 2010

You're Poison running through my Veins

Já que o fiz há pouco tempo atrás, bora lá regressar á temática da musica com mais um artigo que arrasta consigo toda a feiosidade que é um video embutido do youtube. É que fica mesmo mal, não é? Ou sou só eu?

Quem me conhece bem sabe que no que toca á musica, eu oiço muita coisa diferente e diversificada. Não, não "oiço de tudo" como muitos gostam de dizer quando questionados sobre os seus gostos musicais. Tenho aliás dito, recentemente, que as pessoas que dizem isso são normalmente aquelas que apenas absorvem o que de mais mainstream existe, ou seja, tudo o que lhes cai em cima da televisão, radio e marketing generalista (vulga musica comercial).
Eu sou bastante especifico naquilo  que oiço e sobretudo com a musica que transporto comigo nos meus gadgets portateis (Walkman Sony de 86, pois obviamente). Ou gosto ou não gosto. No entanto, de facto "oiço de tudo"! Só pra terem uma ideia (e sim, eu sei), no meu mp3 (que por acaso é o telemovel. Pra mim nao faz sentido nenhum andar com um telemovel e ainda um leitor de mp3. Cartões de memoria e tal...) tenho musica europeia, americana, africana, australiana e asiatica. Nao, nao tenho nada da America Latina. Não! A nivel de géneros expande-se algures entre o Progressive Death Metal no extremo mais pesado, e Fidget House e Post-New-Wave Electro no extremo mais electronico. Pelo meio há de tudo, da pop mais classica á mais obscura (The Knife rules!), passando por todo o tipo de canons musicais que possam imaginar.

Tudo isto pra dizer o quê? Nada. Aquilo tudo foi só pra que se perceba que eu sou um gajo com gostos ecléticos (embora bastante especificos ao mesmo tempo...como muita mais gente aliás) e por acaso tava aqui a ouvir um clássico hair/glam/speed metal dos anos 80 (como lhe quiserem chamar) e pensei cá pra mim, "Epá....este clip é espectacular! Tipo espectacular naquela perspectiva de 'OMFG this is AWESOME!!'!".
E é, é espectacular. E é provavelmente um dos mais espectaculares de sempre do género (algumas cenas em particular são deliciosas e delirantes). Sim, poderia começar a pensar muito no assunto e provavelmente lembrar-me-ia de mais uns quantos bons exemplos (assim de repente surge logo White Snake na minha mente...). Poderia até esforçar-me um pouco mais e fazer um top 5 dos meus clips favoritos do género. Mas não...nada disso. Fica apenas aqui depositado este classico. Se alguem tiver sugestões, é só contactar através dos métodos habituais...


Já agora, para quando um verdadeiro revivalismo do glam rock dos anos 80? Não estou a falar de pseudo bandas rock emo androgenas nem nada do genero, mas sim verdadeiro glam rock! Do bom! Os The Darkness bem que tentaram, mas parece que poucos lhe seguiram o rasto, e mesmo eles acabaram rapidamente por cair na escuridão...

1 comentário:

João Miguel Marques disse...

Dokken rules bro ! e tens toda a razão, onde anda o glorioso glam metal? acho que podíamos mesmo começar a fazer um estudo sobre isso. Abração.

João Marques (Etic)