Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

quinta-feira, 22 de julho de 2010

V for Vendetta


Está finalmente lida a obra. Tardou, mas cobrou! (wait, what?)
É uma obra indispensavel, e que se mantem mais actual do que nunca nos dias que correm. Não é perfeito, e nota-se demasiado que a historia foi trabalhada durante um largo espaço de tempo (praticamente toda a década de 80), tendo ali claras quebras/mudanças de direcçao e de ritmo entre os três volumes que compoem V. Mas nao hajam duvidas, é um comic do caraças, e potencialmente muito polémico junto das mentalidades mais retidas e fechadas á direita. E até digo mais, acho admiravel que esta personagem nao tenha fomentado mais discussao nos Estados Unidos em particular. Ou se calhar até fomentou, e  eu é que nao sei...

Ah, já agora, entre o comic e o filme...gostei muito do filme, e foi ele que me introduziu á personagem. No entanto, tal como muita gente tambem sou da opiniao que o filme nao aproveita em pleno todo o seu potencial, mas, curiosamente, tambem tenho a mesma opiniao em relaçao ao proprio comic. Acho que poderia ser mais polido e trabalhado. No fim de contas, quanto a mim, tanto o comic como o filme estão bastante equilibrados, e a transiçao pró grande ecrã foi boa, mesmo com todas as diferenças em relaçao á referencia original.

Sem comentários: