Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

quarta-feira, 7 de julho de 2010

Tokyo Killer / A Princesa de Gelo

Bora lá meter um bocado mais de cultura convencional aqui na cova e falar de livros, papelada. O maior pesadelo da Amazonia e a razao porque tantas especies de sapos e macacos estão á beira da extinção.

Acabei recentemente der ler dois livros: Tokyo Killer de Barry Eisler e A Princesa de Gelo de Camilla Lackberg (porqué que quando se fala de livros parece que é quase obrigatorio mencionar os autores mas quando se referem filmes muitas vezes espeta-se só o titulo e chega?). Gostei mais de um do que do outro. 

Gostei de Tokyo Killer. Gostei da personagem principal, John Rain (que se revela assustadoramente parecida comigo, apesar de eu nao ser um assassino profissional, nem japones) e gostei sobretudo da transposiçao do ambiente e vivacidade nocturna (sobretudo) da cidade de Tóquio. É daqueles livros em que a personagem entra num bar de whiskeys (por exemplo) e o ambiente está tao denso e fluidamente bem descrito que quase conseguimos sentir o sabor da bebida na nossa propria boca. De resto, a historia em si acaba por se revelar muito pouco entusiasmante e surpreendente. Especie de Bourne totalmente banal em cenario nipónico. Mas é um bom livro, que vive de momentos, ambientes, sabores, noites pesadas e da sua muito boa personagem principal.


A Princesa de Gelo...hmm....not so good. É daqueles livros manhosos...começa bem, aparentemente interessante, personagens porreiras q.b. e tal...mas depois chegamos a meio do livro e percebe-se que é um daqueles em que tudo é revelado nas ultimas páginas, e teremos de esperar até aí (nao gosto de ser o burro com a cenoura pendurada á frente do focinho). E depois quando nos começamos a aproximar do final, percebemos que das duas uma: ou vem aí grande, enorme twist super original, ou vamos ser sujeitos a uma enxurrada de clichés saídos directamente da mais chunga das novelas mexicanas. Nao gostei do livro...portanto tentem adivinhar qual das duas hipoteses é a correcta...



Sim é só isto. Epá nao gosto, nem tenho jeito nenhum pra falar de livros.


PS: A capa do Tokyo Killer nao corresponde á disponivel em Portugal. Nao encontrei uma imagem suficientemente boa dessa.

Sem comentários: