Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Porque a Natureza tende a ser redonda

Eu suspeito, e a modos que acredito, que a imensidade do Universo, a sua colossal dimensão e monstruosas actividades celestes, são a prova (que falta comprovar) de que o Universo é na verdade minusculo....algo de dimensoes microscopicas. Uma célula pertencente a algo muito maior, muito mais abrangente, mas nao necessariamente mais complexo ou significativo.

Por outro lado - entao talvez até do mesmo -, tambem acredito que o Universo nao será infinito. Alguns teoricos acreditam que, caso se apontasse um laser sufecientemente potente numa qualquer direcçao no espaço, e partindo da improvavel hipotese de nenhum corpo celeste se intrometer na sua trajectoria, o laser iria ter precisamente ao seu ponto de partida.
Partindo desta hipotese teorica, que acho muito interessante, eu idealizo o Universo da seguinte forma (sendo a linha preta o nosso vulgo Espaço, Universo):Caso esta fosse realmente a imagem do Universo, restaria a questão: mas então o que está no seu "interior", o que o sustenta? E talvez ainda mais importante do que isso, o que está para além dos seus limites? O que é o exterior do circulo?

1 comentário:

Sassaman disse...

o interior é o inferno e o exterior é o céu dependendo do ponto de vista pode ser o contrário... ou então é a massa branca já que o circulo é a massa negra... -_-'