Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

quinta-feira, 21 de maio de 2009

The Lost and Damned


Terminei agora mesmo a primeira expansão de GTA4, The Lost and Damned. É excelente!


Eu odiei GTA4! E nao foi só pra ser do contra. O mundo de jogo, Liberty City, e toda a sua interactividade estava excelente, mas a historia, o argumento e as personagens? Um tiro completamente ao lado na minha opinião. As personagens de GTA4 eram, no máximo, caricaturas motivadas sabe-se lá bem porquê. Nico Belic, o protagonista de GTA4, passava maior parte do tempo a fazer de bitch/hitman de outras pessoas só porque sim, apesar de, supostamente, ser uma boa pessoa com compaixão. E essa foi uma das principais razoes que me fizeram desgostar da campanha singleplayer de GTA4...nunca consegui conectar com a personagem e a história. Isto apesar de toda a gente, n'altura, andar a dizer que GTA4 era o equivalente videojogavel a um filme vencedor de Oscar pra melhor filme (LOOOL).

Mas em Lost and Damned a situação muda radicalmente! A história, embora nao muito surpreendente, é sólida e bem escrita. E mais importante que isso (imo), as personagens sao crediveis, têm personalidade e verdadeiras (e racionais/sensatas) convicções. Isto sim é digno de se comparar a um filme! Nao a um filme oscarizado talvez, mas pelo menos a um filme muito melhor do que seria GTA4. As cutcenes tambem elas são muito superiores á maioria daquelas que vimos em GTA4, com animações ainda mais realistas, trabalhos de voz mais trabalhados e com uma realização cinematográfica em tudo superior. Já pra não falar que este Lost and Damned é tambem muito mais maduro e, digamos, hardcore que GTA4. E, surpreendentemente (ou talvez não), esta expansão nao criou qualquer tipo de polémica, isto apesar de (pequenos spoilers seguem-se) a certa altura vermos um nu frontal masculino total, um gajo a ser queimado com um torniquete na cara, um gajo a cortar a garganta a outro gajo com um x-acto, entre muitas outras cenas brutais (fim de spoilers). E também a nivel de dialogos esta expansão é muito mais madura. Mas nunca deixando-se cair pró facil e repetitivo "fuck this and fuck that". Aqui as personagens falam como verdadeiros motoqueiros falariam (suponho eu), sem mais nem menos.

Mas mais importante que tudo isto é o jogo propriamente dito, as missões. E Lost and Damned nao desaponta nada neste departamento. Algumas das mais espectaculares e excitantes missões de sempre em GTA (de qualquer um jogo da série, atrevo-me a dizer) estão aqui, nesta expansão! Não há razão nenhuma para pensarmos que este DLC não vale o seu preço, porque vale! Sem sombra de duvida!

E agora que venha o próximo! E que seja igualmente bom, ou se possivel, ainda melhor!

Sem comentários: