Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

domingo, 17 de maio de 2009

COWABUNGA!

Antes de começar a ler, é imperativo que vejam isto.

Now let's proceed...


As pessoas gostam de dizer, "ah a vida é dificil e cruel e eu nunca sei exactamente como hei-de temperar a minha salada!". Mas já pensaram que ha quem tenha vidas muito mais dificeis, e muito mais crueis?

Vamos pensar por um momento nas Tartarugas Gigantes que desovam nas ilhas Galápagos. Bem, não exactamente nas que desovam...a essas a vida corre bem. Já sao grandes e fortes, e as sardinhas que nadam á sua volta costumam ser socialistas.

Mas pensemos nas tartarugas que saem dos ovos que as Tartarugas Gigantes das Galápagos desovam. Pra essas a vida é mesmo muito lixada. E logo desde o inicio (ao contrario dos humanos, que se vai tornando mais dificil ao longo do tempo). Saem dos ovos...e já estão enterradas! Têm de "pull out a zombie" só pra ver a luz do dia! E normalmente quando saem do buraco nem sequer vêem essa luz....porque é de noite!! E eu adoro a forma como em portugues tradicionalmente se diz "é de noite". Mas bon...as pequenas tartarugas saem então do buraco, meias cegas e exaustas, apenas para começarem a sua esforçada viagem a rastejar ao longo de toda a praia pra chegar até á agua! E nesse percurso, todo o tipo de coisas horriveis, dificeis e crueis podem acontecer! E normalmente...acontecem! Não só ás pequenas tartarugas, mas também a todos aqueles que tiram o curso pra nadadores-salvadores em Baywatch (you know what I'm talking about).
São passaros carnivoros, especies de caes selvagens, repteis e até mesmo o vento. Todas estas criaturas, incluindo o vento (vento XVI), estão lá, no areal, á espera, com um e só um objectivo...comer as tartarugas bébes!
Já imaginaram, se quando nascemos, tivessemos de percorrer a maternidade até chegar áquela sala com os cubos de vidro onde metem os bébes, tendo pelo caminho de evitar enfermeiras assassinas, pediatras voadores canibais e funcionarias com batas tãaaaaaao aborreciiiiidas que matam á primeira vista?! Seria dificil, e muito cruel! E provavelmente poucos de nós iriamos sobreviver, quanto mais poder adoptar uma opinião politica á esquerda.

Mas é isto que acontece com as recém nascidas tartarugas Gigantes das Galápagos...isto e muito mais. Quando finalmente atingem as primeiras ondas salgadas, mais uma série de perigos estão á espreita. As próprias ondas podem ser fatais! Os media tentam "ignorar" este fenomeno, mas a verdade é que todos os anos cerca de 43 tartarugas gigantes das Galapagos bébes ficam viradas de bariga pró ar devido ao impacto das ondas. E ao ficarem nesse estado ficam desorientadas perdendo o sentido da vida, sucedendo-se um periodo de 9 horas (se sobreviverem) em que vão acreditar ser o Frank Sinatra e irão tentar provocar o ritmo da musica "New York, New York" com as barbatanas na aguá! Passadas essas 9 horas irão se dar conta que afinal sao apenas o Herman José.

E depois temos as restantes criaturas predadoras que habitam os mares e que estão prontas pra dar uma dentada nas pequenas e inofensivas tartarugas. Coitadas...
Como tal, e tal como, uma pessoa deveria reflectir bem antes de dizer "ai a vida é tao lixada para mim!", pois há quem sofra muito mais!

A minha resposta e solução pra esta polémica? Nao abusar no azeite. Isso é o mais importante. Uma pessoa até consegue comer uma salada mais avinagrada ou mais salgada, mas quando o azeite é demais, então está tudo estragado. Torna-se intragavel e até pode provocar vómitos.

E para quem ainda tem duvidas que os Pandas são, na verdade, ursos canadienses raptados e pintados pelo governo chinês, tenho a certeza que as recordações que o seguinte video (no link em baixo) vos trará irá trazer tambem a verdade ao de cima na vossa mente. Essa verdade que sempre lá esteve, mas que os anos tendem a enterrar....
(por favor ponham o volume no máximo pois só assim se poderá atingir o nivel de awesomness pretendido)


&

A VERDADE OCULTA POR DETRÁS DE TODA A VERDADE

1 comentário:

Lucífera disse...

A tua sorte é o texto ter o seu-quê de engraçado, além de ser verídico.