Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

quarta-feira, 11 de março de 2009

EDEN LAKE


 
Hostel (o filme) é pra meninos. Um artificio cheio de fogo de artificio que serve unica e exclusivamente pra chocar aqueles que, por natureza, já nasceram chocados com a vida.
Disto já todos sabiamos, nao estou a tentar dar uma novidade. No entanto ao ver Eden Lake tornou-se ainda mais claro o quão Hostel é pra meninos. Eden Lake é um Hostel muito mais realista, e, incrivelmente mais doloroso e perturbador! Nao que deva comparar ambos os filmes, pois nem sequer estão na mesma categoria (seja a que nivel for). Serviu esta explicaçao apenas pra deixar bem claro o quanto este filme é...arrasador e esmagador.

Ver Eden Lake doí! Doí psicologicamente e fisicamente. O desconforto e tensão em determinados momentos do filme é tal, que uma pessoa sem se dar conta, já está encolhida no sofá com as mãos bem serradas na almofada mais proxima (se for o caso...apenas certifiquem-se que não têm o gato ao vosso colo enquanto vêem isto). O filme é curto, cerca de uma hora e vinte, mas como tudo o que custa, parece demorar uma eternidade a passar. Mas neste caso isto é um aspecto positivo...é o cinema a mexer com as nossas emoções de uma maneira com que muito raramente o faz (ou consegue fazer). E sabe tão, mas TÃO BEM ver um filme de terror que realmente nos aterrorisa verdadeiramente! It's sooooooo good! Sobretudo quando saiem tantos filmes de terror todos os anos, mas tão poucos são realmente capazes de levar a cabo a sua premissa. O ultimo filme de terror que vi e que eu consigo associar a este Eden Lake a nivel qualitativo, terá sido o tambem excelente The Strangers. Mas enquanto The Strangers jogava com o factor claustrofóbico e com o perturbador anonimato dos seus vilões para criar um bem pautado suspense, Eden Lake por sua vez tem tudo em aberto e bem á vista, jogando com a violencia mais fisica e gráfica possivel, e com os efeitos que a dor e o desespero provocam na mente.

Com filmes destes vale bem a pena ser-se fã do verdadeiro cinema de terror!

1 comentário:

Someones disse...

epa srsrly ja nao me fazias ver um filme mau ah muito tempo. i hate you