Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Olympo ou Beijing?!


Mas desde quando é que o país acolhedor se sobrepõe aos próprios Jogos?! Pode parecer cinismo, mas este é mesmo um daqueles casos em que, como dizem os amaricanos, its all'bout the Games! RLY!


Tou muito contente com os jogos de Beijing porque a China
é muito grande!

Acho que os jogos vao ser muito bons e a China é muito
poderosa!

Amo a China e os jogos sao maravilhos!

Com estes jogos a China irá mostrar ao Mundo o quao
poderosa é!

E por aí fora...


Os primeiros jogos Olimpicos que vi, com olhar de gente (sabendo do que se tratava e que estava a ver os Jogos Olimpicos e já tendo, até certo nivel, noção do que representavam a nivel global), foram os de Atlanta nos Estados Unidos em 96 (agora senti-me bue de puto). Depois, como toda a gente sabe, seguiram-se os de Sidney em 2000 e os jogos de Atenas em 2004. E destes três jogos, nunca me lembro de ouvir algum americano, algum australiano ou alguem helenico a colocar os seus paises acima dos próprios Jogos, nem a tomarem uma atitude tao exageradamente patriota. E caraças, se alguem tinha razao pra isso eram os gregos, que afinal de contas inventaram os Jogos Olimpicos e conseguiram pôr o Mundo todo, até hoje, a celebrar e rejubilar com jogos pagãos (o que basicamente é o maior pwn de sempre contra o pessoal das muçulmanias e que nem se dao conta disso). E ao que me parece nem os japoneses foram assim tao extremistas aquando dos jogos de 64 em Tóquio, e nessa altura o Japão tinha muito mais a provar ao Mundo do que a China tem hoje (enfim, dum certo ponto de vista pelo menos).

E tudo isto assusta-me, sinceramente. Quer dizer, um gajo já se queixa dos americanos serem bue de parolos e ultra-patriotas, mas como se está a ver, basta juntar uma pitada de socialismo em cima disso e temos uma receita pró desastre! E isso assusta-me porque, honestamente, se é pra ver os EUA destronados do seu trono, não quero que isso seja feito por um país como a China controlada por um governo que, apesar de tudo....err...nao me parece estar pronto pra isso digamos. Mas tambem não é caso pra desesperos, porque já se sabe que os States não se vao dar por vencidos sem antes darem tudo o que possam (afinal talvez seja caso pra desespero).


Oh well, mas retomando o tema incial, acho que será caso pra dizer....

...please, curb your enthusiasm.

Sem comentários: