Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

sábado, 28 de julho de 2007

Nip/Tuck


Há algum tempo que já me andava a sentir um pouco mal por ainda não ter falado neste blog da minha série de tv favorita, Nip/Tuck, principalmente depois de ter deixado uma pequena referencia num dos artigos anteriores.

Nip/Tuck, a meu ver, é, basicamente, e até agora, a melhor série do século XXI, encabeçando esta grande e produtiva vaga de séries de qualidade que começaram a surgir e a refrescar por completo o panorama televisivo de ficçao episódica apartir mais ou menos de 2001-03 (voces sabem...estas séries todas que têm visto e sacado da net ultimamente. Nao vou tar a fazer uma lista).

Não entrando em muitos pormenores e análises exaustivas, até porque eu so quero mesmo deixar a recomendação, quero ainda assim referir os pontos fortes da série e que a destacam no meio de todas as outras.
Há quem diga que Nip/Tuck, um pouco como The O.C. (que também adoro e não tenho vergonha de o dizer) assemelha-se muito a uma telenovela. Isto até pode ser verdade, e se for, deve-se, sobretudo, ao excelente trabalho de personagens que encontramos em Nip/tuck. De facto, para alguém poder realmente aproveitar e apreciar (enjoy) a série, é necessário acompanhá-la desde o primeiro episódio e segui-la bem daí em diante. Não é daquelas séries que dê pra ver episódios soltos de vez em quando, ao risco de dessa forma se formarem opiniões erradas e não representativas da real qualidade de Nip/Tuck (e eu sei porque já vi isto acontecer).
É então vendo a série ordenadamente que vamos conhecendo as personagens e vamos compreendendo a enorme complexidade que as envolve e que as torna tão deliciosamente interessantes de acompanhar. Nip/Tuck é, acima de tudo, um excelente e muito bem trabalhado estudo sobre a evolução e crescimento de personagens em séries de tv, e é isto que põe a série muito lá em cima onde mais nenhuma consegue alcançar.

Mas já me estou a adiantar um pouco...pra quem não conhece, de todo, a série, convém deixar só um (muito) breve resumo do tema e assuntos que ela trata: basicamente, Nip/Tuck é uma sátira ao mundo moderno e (profundamente) superficial onde as cirurgias plásticas substituem as Bolas de Cristal (DB) e restabelecem o bem estar a quem o tenha perdido, ou pelo menos é esse o objectivo (a série passa-se em Miami) . Mas muito mais que se debrussar sobre o tema cliché da cirurgia plástica, Nip/Tuck, tal como já disse, é uma série de personagens, é uma série sobre familia, sobre amor, sobre sexo (muito), sobre elegancia, estilo e sobre um modo de vida ao alcance de poucos. Tal como se pode ler nas caixas que compõem os packs de DVDs das várias seasons (à venda em Portugal até à season 3), Nip/Tuck é "uma série dramática pertubadoramente perfeita". Indeed!

Não me querendo repetir, mas tem que ser, o grande trunfo de Nip/Tuck são então as suas excelentes, e muito bem interpretadas personagens, que apesar de serem muitas e variadas e de algumas circularem um pouco por todas as seasons, destacam-se e são protagonistas duas principais personagens, os dois inseparavéis cirurgiões, Dr. Sean McNamara e Dr. Christian Troy (este ultimo a minha personagem favorita...de sempre e de qualquer série! ). É à volta destes dois senhores que toda a(s) história(s) giram, e é das personalidades quasi totalmente antíteses/antagónicas dos dois que surge a grande empatia do publico com eles.

Image Hosted by ImageShack.us



Além das personagens, entre as várias imagens de marca da série, destacam-se as revolucionárias cenas de cirurgia filmadas que são de um realismo sem precedentes e prometem mexer com os nervos dos mais susceptiveis (se pensam que as cenas de autopsias de CSI são muito reais e viscerais, é porque ainda não viram Nip/Tuck em acção).
Também as cenas de sexo e/ou de maior sensualidade sempre acompanharam a série desde o ínicio, e não será exagero dizer que Nip/Tuck tem das melhores e mais provocaticas cenas de sexo vistas em qualquer série dos ultimos anos, e isto tudo sem nunca sequer mostrar um mamilo feminino, o que só atesta a classe e rigor técnico de quem faz a série.

Image Hosted by ImageShack.us


Para além de tudo isto, quem se aventurar no mundo de Nip/Tuck poderá também ficar surpreendido com a forma como no meio de tanta temática e abordagens, a série consegue ainda incluir solidos momentos de tipo policial ao melhor nivel, onde o suspense e a ansiedade são levados ao rubro, principalmente na season 3.

Image Hosted by ImageShack.us


Outro dos meus aspectos favoritos e que me faz seguir fielmente cada episódio, são os excelentissimos episódios finais de cada season (principalmente até à terceira) que são sempre uma enorme e deliciosa caixinha de surpresas formando um explosivo clímax final que certamente irá surpreender mesmo aqueles que não se deixam surpreender.
Por falar nisto, o ultimo episódio da segunda season, na minha opinião é, puro e simplesmente, o melhor episódio final alguma vez realizado, e talvez o melhor episodio que eu alguma vez vi, independentemente da série!

Image Hosted by ImageShack.us



Enfim, já me estou a prolongar demasiado, como de costume...muito fica por dizer e explicar, mas isso fica para cada um de vós descobrir.
O que eu quero acima de tudo é que o máximo possivel de pessoas conheçam esta série, pois é de facto FANTÁSTICA!

Nip/Tuck é estilo, é sensualidade, é envolvimento emocional...é como uma gota grosseira e suja de sangue que teima em adquirir uma bela e estilizada forma ao cair no chão.

Fica a minha grandíssima recomendação. Basicamente, quem não conhece Nip/Tuck, não tem razão pra possuir uma televisão.


*Só como informação suplementar, fiquem sabendo que a quarta season de Nip/Tuck acabou antes deste verão (2007) e a quinta está prevista pró ultimo semestre deste mesmo ano. Em relação a poder ver a série em Portugal, esta é transmitida na TVI, no entanto não faço ideia em que dia(s) nem a que horas, nem tão pouco em que season vai. Quanto á venda da série em DVDs, tal como já tinha dito, estão à venda os packs até à terceira season*


Image Hosted by ImageShack.us

5 comentários:

annabel lee disse...

Eu por acaso era das pessoas que tinha ficado com má impressão da série por pequenos momentos que vi completamente aleatórios... tinha ficado com a sensação de que era uma série terrivelmente superficial... MAS... eu posso vir a dar o beneficio da duvida... assim que tiver oportunidade vou tentar ver de uma maneira mais completa...

annabel lee disse...

Daniel, tens um desafio no meu blog! Bjs

Nando-P disse...

Rula buééééé! Também era a minha série favorita... até ver Battlestar Galactica (a nova série e não aquela antiga que passa na Sic Radical, blergh)

puppetmasta disse...

Lá foi o blog pro galheiro...

Tou sempre a gozar mas até gosto disto.

Keep up the good work.

Anónimo disse...

Estava no blog do markl quando vi esta chamada de atenção para ver este blog que falava de coisas bem de meu agrado.

Pois quando vi a falares de nip/tuck não podia estar mais de acordo contigo
è uma grande série msm
Mas só há 1 coisa q discordo:
nip/Tuck a melhor série do século XXI? bem este século ainda é curto mas pra mim há 1 série que ao longo dos anos (sendo que começou nos idos finais do passado século) me conquistou e é pra mim a melhor série já feita: SOPRANOS - inegável a espectacular série

Porém em segundo lugar está Nip Tuck que infelizmente não consegui seguir na totalidade mas que me conquistou.
Ainda só vi até à 2ª temporada (aqui nem a acabei) na TVI que é mto incerta nas horas de transmissão.
Contudo já estou a sacar as 4 séries pra ver de uma penada só.

Um abraço e não pecas a 5ª temporada totalmente diferente (passa-se em hollywood)

ah as outras séries de minha eleição são Dexter, Prison Break, OC (que tb n tenho vergonha de dizer que gosto de ver), CSI, Rescue Me, CSI (claramente só a de Las Vegas pk as outras são muito sem sal, atao a de Miami é terrível pelo q faz de Hoarcio Caine), Dr. House, My Name is Earl, 7 Palmos de Terra, ER, Sobrenatural, What about Brian (mto sobrevalorizada mas que como é bastante similar a Friends mas um pouco mais madura)....
e a lista continua
por isto um abraço ;)