Deixem o vosso e-mail para receber notificações de novos artigos...e ganhar brindes

terça-feira, 17 de julho de 2007

colin mcrae DiRT


Colin Mcrae Dirt é o mais recente titulo da popular e aclamada série videojogavél Colin Mcrae (Rally) e é também um dos jogos que ando a jogar ultimamente. Por isso mesmo, e á semelhança do que fiz com Forza 2, decidi escrever uma critica ao jogo. Esta será no entanto uma critica muito mais encurtada que a tal do Forza, mas que ainda assim, espero, possa servir pra ajudar alguem indeciso na aquisiçao deste produto multimédia.
Já agora aproveito também pra dizer que o facto de as minhas unicas criticas até agora terem sido de jogos de corridas automoveis é pura coincidencia, e não é, de todo, um reflexo dos meus gostos como jogador. De facto eu nem tenho por grande habito jogar este tipo de jogos, mas também é verdade que sou fã de ambas as séries (Forza e Colin), e ambos os jogos sairam num espaço de tempo bastante proximo, daí os comentar tão seguidamente. Fica o exclarecimento.



Dirt é então o mais recente filho da série, no entanto marca uma clara separação com aquilo que tinha sido feito até aos anteriores titulos.
A primeira, e mais clara diferença prende-se com a jogabilidade, que nesta nova incursão abraça plenamente e sem pudor uma postura quasi totalmente arcade, ao contrário dos anteriores titulos, que tão bem eram reconhecidos pelo seu equilibrio entre arcade e simulação, embora sempre a pender mais pró lado da simulação, supostamente.
Apesar disto, a jogabilidade permanece um dos pontos mais fortes do jogo, já que é extremamente viciante, e acima de tudo, muito divertida (nao se esqueçam de jogar nas vistas interiores, que estão simplesmente incriveis!). Tanto faz se são fãs de longa data ou newcomers, a jogabilidade de Dirt irá certamente agradar a gregos e a troianos, embora, ainda assim, possa desagradar aos mais puristas e teimosos dos fãs. Eu próprio não caí logo nos encantos desta jogabilidade, no entanto, e agora que passei já algum tempo com o jogo, digo confortavelmente que gosto bastante (nao querendo com isto dizer que a ache melhor que a dos colins antigos...).
Já agora, e só pra exemplificar melhor a jogabilidade deste Dirt....lembram-se de V-Rally 2? Pois bem, a jogabilidade de Dirt é extremamente parecida com a desse, já antigo (tipo) jogo da Infogrames....talvez demasiado parecida.

Outro dos pontos fortes do jogo é a componente visual, e aqui, o termo mais correcto seria mesmo "ponto fortissímo"! É incrivel o que o pessoal da Codemaster (produtores do jogo) fez com Dirt, e qualquer pessoa com uma televisão de alta definição irá facilmente assistir a um dos melhores espéctaculos gráficos que a nova geração tem para oferecer. A sério, este é mesmo um daqueles jogos pra deixar a correr na tv enquanto o pessoal passeia por casa e qualquer pessoa que por ele passar terá de parar alguns segundos curioso pra o ver! It's that good!

Outro aspecto em que Dirt se distancia dos antigos colins é na possibilidade de agora se poder competir directamente com outros veiculos em pista. E para além disso, sao várias as classes e tipos de viaturas que poderemos conduzir, desde os tipicos 4WD, passando por buggies, camioes (tipo Dakar) entre outros, um pouco ao estilo dos recentes TOCA, também da Codemaster.
Ainda assim, para os mais puristas, estará disponivel a opção mais tradicional de rali contra relógio.
E já que se fala de opções, falta falar da interface e menus, que também têm o seu lugar de destaque neste Dirt.
Os menus sao incriveis! Sabem aqueles jogos, muito raros e que surgem de tempos a tempos em que ficamos maravilhados com os menus e sua apresentação e só nos apetece ficar a brincar com eles (tipo Cronicas de Ridick)? Bem, Dirt é um desses jogos. Os menus têm um aspecto extremamente sofisticado, limpo e vanguardista. Faz lembrar um pouco o recente Windows Vista, já que os menus são constituidos de janelas finas tridimensionais suspensas no vazio umas atrás das outras (ou na vertical, depende). Prá'lém do excelente aspecto, os menus também são acompanhados de uma sonoridade bastante sedutora. Sim, sedutora mesmo...é um ritmozinho acompanhado de pequenos e subitos surtos motorizados orgásmicos que dão ao todo (aos menus e apresentação) um ar muito elitista e sexy, o que é bastante peculiar, já que o titulo do jogo é "Dirt" e se trata de um jogo de rali onde a lama e terra batida é presença constante nas corridas.

Enfim, fica a sugestão entao: pra todos os fãs de jogos de rali, Dirt é realmente a melhor escolha actualmente disponivel no mercado e uma das melhores amostras daquilo que as novas consolas são capazes de fazer (neste caso so a 360, já que a versao PS3 so sai em Setembro). Recomenda-se fortemente ;)

IMAGENS DO JOGO

Sem comentários: